Cómo citar
dos Reis Barbosa , G. (2021). AS MULHERES NOS PRONTUÁRIOS DO SANATÓRIO PINEL DE PIRITUBA: WOMEN IN THE MEDICAL RECORDS OF THE PINEL SANATORIUM IN PIRITUBA. Cultura Latinoamericana, 33(1), 22-31. Recuperado a partir de https://editorial.ucatolica.edu.co/index.php/RevClat/article/view/4226

Resumen

A entrada de pacientes ao Sanatório Pinel era seguida de exames, além
de um questionário respondido por um familiar. Através da leitura dos
prontuários, notamos que as respostas obtidas por meio do questionário
preenchido pelo familiar responsável pela internação eram frequentemente utilizadas e reforçadas na descrição do exame psíquico, o que sugere
um forte vínculo entre família e médicos, e, consequentemente, a difusão
do discurso eugênico na sociedade brasileira da década de 30 e 40. Neste
artigo, pretendemos expor o contexto brasileiro dos anos 1930-1940, e alguns aspectos dos prontuários de mulheres internadas no Sanatório Pinel
de Pirituba nessas décadas.

Licencia

Derechos de autor

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Sistema OJS 3 - Metabiblioteca |